Bruna Alexandre e Cátia Oliveira conquistam ouro no Brasileiro de tênis de mesa paralímpico

seg, 05 dez 2022 09:52:57 -03:00



Bruna Alexandre se prepara para saque durante Brasileiro de tênis de mesa paralímpico | Foto: Divulgação/Bruno Ruas/CBTM

Bruna Alexandre se prepara para saque durante Brasileiro de tênis de mesa paralímpico | Foto: Divulgação/Bruno Ruas/CBTM

As mesatenistas paralímpicas Bruna Alexandre (Classe 10) e Cátia Oliveira (Classe 2), medalhistas nos Jogos de Tóquio 2020, confirmaram seus favoritismos e foram campeãs no Campeonato Brasileiro de tênis de mesa, disputado no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, desde sábado, 3, até esta terça-feira, 6. 

Elas, inclusive, não cederam sets às adversárias nas disputas realizadas neste domingo, 4. Prata nos Jogos de Tóquio 2020 e campeã mundial nas duplas mistas da classe XD17, ao lado de Paulo Salmin, Bruna Alexandre foi dominante no Brasileiro, vencendo seus três jogos. No embate que valeu a medalha de ouro, a atleta da Sociedade Esportiva Recreativa e Cultural Santa Maria/São Caetano/SP marcou 3 sets a 0 (parciais 11/5, 11/4 e 11/1) diante de Jaqueline Ishida, da Associação Nova Era de Tênis de Mesa/SP. Melanie Burlamarqui, da Associação dos Deficiente Físicos do Paraná/PR, ficou com o bronze.

Cátia Oliveira reinou na Classe 2. No duelo que definiu a primeira colocação, a mesatenista do Instituto Matostt/SESI/Lorena/SP aplicou 3 sets a 0 (parciais 11/3, 11/2 e 11/5) em Carla Limp Azevedo, da AABB Brasília/Rizzone/DF. Juliana Silva (CR Saldanha da Gama/Santa Cecília/FUPES/SP) fechou o pódio, recebendo a medalha de bronze.

Outras mesatenistas da Seleção Brasileira de tênis de mesa paralímpico também subiram ao lugar mais alto do pódio do Brasileiro. Thaís Severo (Classe 3), Joyce Oliveira (Classe 5), Sophia Kelmer (Classe 8) e Danielle Rauen (Classe 9) saíram campeãs do torneio na capital paulista. 

Na Classe 3, a decisão foi entre as atletas Thaís Severo (Associação dos Deficientes Físicos de Goiás/GO) e Marliane Santos (APMDFESP/SP). Como era de se esperar, a disputa pelo ouro foi ponto a ponto, com Thaís levando a melhor após cinco sets. Com parciais de 11/4, 6/11, 11/8, 6/11 e 11/7, a goiana marcou 3 sets a 2 na adversária paulista. Cibele Morais (Academia Fitpong de Tênis de Mesa/DF) e Luciana Moura (Associação dos Deficiente Físicos do Paraná/PR) foram as medalhistas de bronze.

Na Classe 5, a  final envolveu Joyce Oliveira (Instituto Matostt/SESI/Lorena/SP) e Maria Passos (Associação dos Deficiente Físicos do Paraná/PR)., Joyce levou o ouro para casa após vencer em sets diretos, com as parciais de 11/6, 11/5 e 11/2. Superadas na semifinal, Francisca Ferreira (Projeto Faça do Deficiente um Atleta/CE) e Sônia Oliveira (Associação dos Deficiente Físicos do Paraná/PR) foram ao pódio para receber suas medalhas de bronze pela terceira colocação.

Sophia Kelmer (Fluminense Football Club/RJ) foi absoluta na Classe 8, realizada em turno único. Bateu suas quatro adversárias por 3 sets a 0, entre elas a medalhista de prata, Elem Silva (Associação Amazonas Paralímpico/AM), derrotada com as parciais de 11/6, 11/9 e 11/3. Brigida Reis (Associação Nova Era de Tênis de Mesa/SP) fechou o pódio com a medalha de bronze.

A Classe 9 foi mais uma em que uma atleta da Seleção Brasileira chegou ao lugar mais nobre do pódio. Danielle Rauen (Instituto Matostt/SESI/Lorena/SP) se impôs nos quatro jogos que realizou e não cedeu sets às adversárias na competição realizada em turno único. Venceu a medalhista de prata Bianca Horie (Itaim Keiko/JJYamada/SP) por 11/8, 11/7 e 11/9, no embate que definiu o título. Allana Maschio (Associação de Apoio às Famílias de Deficientes Físicos) completou o pódio na terceira colocação.

Evellyn dos Santos (Academia Fitpong de Tênis de Mesa-DF) também dominou a sua classe. Na partida que decidiu a medalha de ouro da Classe 11, marcou 11/5, 11/7 e 11/3 em Pamela Aparecida (Associação Itajaiense/SC). Renata Cunha, da Associação Esportiva e Paradesportiva de Itapoá/SC, fechou a composição do pódio.

Aline Ferreira, do Inclusivo Clube Paradesportivo/SP, venceu a Classe 7, disputada por quatro atletas. No jogo que decidiu a medalha de ouro, bateu Andréa Costa (Associação M. Nogueira de Tênis de Mesa/DF) por 3 sets a 0. As parciais foram de 12/10, 11/6 e 11/9. Silvana Rodrigues, da Associação Joinvilense de Tênis de Mesa/SC foi a medalhista de bronze na categoria.

A Classe 6 foi vencida por Dina Abreu, da Associação Joinvilense de Tênis de Mesa/SC. Ela venceu suas quatro oponentes da categoria, perdendo apenas um set em toda a competição. Contra Rosmeire Albertoni, sua principal adversária na busca pela medalha de ouro, triunfou por 11/8, 11/7 e 13/11. A representante da Associação dos Deficientes Físicos de Goiás/GO ficou com a medalha de prata, enquanto Irene Silva (Clube de Tênis de Mesa Jacareí/SP) terminou com o bronze.

Masculino 
Nas disputas masculinas, Paulo Fonseca (Classe 7), Gustavo Laskosky (Classe 8), Lucas Carvalho (Classe 9), Claudio Massad (Classe 10) e Thiago Gomes (Classe 11) foram ao pódio celebrar as suas conquistas.

Uma final entre Paulos marcou a Classe 7. E o Fonseca superou de virada o Salmin para levar o ouro, após uma batalha travada em cinco sets. As parciais foram de 2/11, 6/11, 11/4, 12/10 e 11/9, na decisão entre mesatenistas do Instituto Matostt/SESI/Lorena/SP. Marcelo Pereira (Fluminense Football Club/RJ) e Israel Stroh (Hebraica/SP) foram os medalhistas de bronze na classe.

O catarinense Gustavo Laskosky (Associação Joinvilense de Tênis de Mesa/SC) foi o medalhista de ouro da Classe 8, vencendo João Fernando do Nascimento (Associação dos Deficiente Físicos do Paraná/PR) na final por 3 sets a 1, com as parciais de 6/11, 11/6, 11/5 e 11/4. Renato Santos (APMDFESP/SP) e Gustavo Silva (Aparu/MG) foram derrotados na semifinal, terminando a competição com a medalha de bronze.

Também por 3 sets a 1, Lucas Carvalho (Associação Nova Era de Tênis de Mesa/SP) venceu a final da Classe 9 sobre Ramon Silva (SR Mampituba/FME Criciúma/SC). As parciais foram de 11/13, 11/2, 11/9 e 11/7. Jean Mashki (Esporte Clube Praia Grande/SP) e Flávio Seixas (Rio Spin - Escola de Tênis de Mesa/RJ) pararam nas semifinais, ficando com a medalha de bronze.

Claudio Massad (Instituto Matostt/SESI/Lorena/SP) superou Gabriel Antunes (SR Mampituba/FME Criciúma/SC) na final da Classe 10. O triunfo por 3 sets a 1 teve como parciais 11/8, 9/11, 11/1 e 11/8. Alexandre Caldeira (Associação Cultural Nipo Brasileira Araçatuba/SMELR/SP) e Ednei Silva (Fundo Municipal de Esportes de Birigui/SP) chegaram até a semifinal e foram premiados com a medalha de bronze, além de um lugar no pódio.

Na Classe 11, Thiago Gomes (Instituto Matostt/SESI/Lorena/SP) foi o grande campeão. Na decisão da medalha de ouro, venceu Lucas Hansen (APESBLU/SC) por 3 sets a 1, com as parciais de 11/6, 7/11, 11/6 e 11/7. Filipe Pimentel (Associação Amazonas Paralímpico/AM) e Lucas Rocha (SR Mampituba/FME Criciúma/SC) fecharam o pódio, recebendo a medalha de bronze.

Outros campeões masculinos individuais foram Aloisio Junior, Guilherme Costa, Fábio Silva, Alexandre Ank, Carlos Moraes e Felipe Oliveira, que venceram, respectivamente, as classes 1 a 6 da competição.

O Campeonato Brasileiro continua até esta terça-feira, 6, também com a presença de atletas olímpicos no CT Paralímpico. Foram mais de 2, 2 mil inscrições em todas as categorias, recorde do torneio. 
 
*Com informações da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM)
 
Patrocínios
O tênis de mesa é uma modalidade patrocinada pelas Loterias Caixa.

Programa Loterias Caixa Atletas de Alto Nível 

As atletas Bruna Alexandre, Danielle Rauen e Cátia Oliveira são integrantes do Programa Loterias Caixa Atletas de Alto Nível, programa de patrocínio individual da Loterias Caixa que beneficia 91 atletas.

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)

PATROCINADORES
Patrocinadora do Paratletismo Brasileiro
Patrocinadora do Comitê Paralímpico Brasileiro
APOIADORES
Apoiador do Comitê Paralímpico Brasileiro
PARCEIROS
Parceiro do Comitê Paralímpico Brasileiro
Parceiros do Atleta Cidadão
FORNECEDORES
Fornecedor Oficial