CPB elabora seu primeiro Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa no Centro de Treinamento Paralímpico

sex, 02 dez 2022 13:02:48 -03:00



Atleta treina na pista de atletismo do CT Paralímpico, na zona sul de São Paulo | Foto: Márcio Rodrigues/CPB

Atleta treina na pista de atletismo do CT Paralímpico, na zona sul de São Paulo | Foto: Márcio Rodrigues/CPB

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) deu um grande passo para reduzir os impactos ambientais de suas atividades e fazer parte do grupo de organizações alinhadas ao objetivo de contribuir para limitar o aquecimento global.

Em ação inédita, a instituição acaba de concluir, em parceria com a Future Carbon Group, a elaboração de seu primeiro Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE).Esta listagem permitirá ao CPB, a partir de mecanismos estratégicos e soluções baseadas em dados, atingir um nível ainda maior de integralidade, transparência e performance em relação a temas ambientais, sociais e de governança.

“O Comitê Paralímpico Brasileiro entende a necessidade de cumprir seus compromissos ambientais pautados em um desenvolvimento sustentável, garantindo maior transparência e controle sobre o desempenho socioambiental e aliando uma eficiência maior à redução do impacto produzido nas suas atividades no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. Esta será uma das maiores evidências do desempenho ambiental do Comitê, associado à missão de posicionar o CPB como uma das maiores proeminentes organizações esportivas, desenvolvendo iniciativas pautadas na diversidade e responsabilidade social e ambiental”, comentou Mizael Conrado, bicampeão paralímpico de futebol de cegos, eleito o melhor do mundo na modalidade, e presidente do CPB.

A produção do inventário deixará um legado para a história do Comitê, que, assim, mostra-se alinhado aos acordos globais para redução de gases de efeito estufa, em pauta recentemente na COP 27, realizada no Egito, neste mês.

Para a realização do inventário, foi estabelecido um plano com ações concretas e metas intermediárias que abrangeram três fases de atuação, classificadas em emissões diretas e indiretas de toda a área do Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro.

A primeira fase considerou as emissões oriundas de fontes geradas na organização, advindas de equipamentos, veículos, extintores e fornos. Em um segundo momento, foram contabilizadas as emissões de GEE da geração de energia adquirida de terceiros e consumida pela entidade. Já a última fase deu conta da contabilização de outras emissões indiretas, oriundas das atividades derivadas de fontes não pertencentes ou não controladas pelo Comitê.

“O mais importante é que, conhecendo a sua pegada de carbono, o Comitê Brasileiro Paralímpico pode considerar estratégias para reduzir suas emissões, conforme as sugestões detalhadas no relatório, bem como a compensação total ou parcial de suas emissões a partir de compras de créditos de carbono no mercado voluntário enquanto não alcançar emissões líquidas zero (net zero)”, destacou Juliana Lopes, Head da Future Carbon na área de Solutions, que oferece soluções personalizadas a empresas, instituições e eventos que desejam investir em medidas para neutralidade climática a partir da criação de estratégias eficazes e inteligentes de descarbonização.

Além disso, o inventário também contribui para que o Comitê preste contas aos patrocinadores, reguladores, colaboradores, e demais stakeholders, participando do mercado de carbono, otimizando e planejando processos que garantam a eficiência econômica, energética ou operacional.

As oportunidades de melhoria propostas no inventário incluem a substituição dos combustíveis fósseis (gasolina e diesel) por combustíveis renováveis, como o biodiesel e o etanol; substituição do uso de gás natural nas cozinhas e refeitórios, pelo uso de fogões por indução e equipamentos elétricos; microgeração de eletricidade, objetivando a sustentabilidade energética; e a implementação de um projeto de coleta seletiva e ampliação de unidades de compostagem, além da criação de hortas para utilização do composto orgânico na agricultura urbana.

PATROCINADORES
Patrocinadora do Paratletismo Brasileiro
Patrocinadora do Comitê Paralímpico Brasileiro
APOIADORES
Apoiador do Comitê Paralímpico Brasileiro
PARCEIROS
Parceiro do Comitê Paralímpico Brasileiro
Parceiros do Atleta Cidadão
FORNECEDORES
Fornecedor Oficial