Jovane Guissone leva o bronze na Copa do Mundo de esgrima em cadeira de rodas em Pisa

qui, 22 set 2022 18:09:18 -03:00



Jovanne Guissone conquistou a medalha de bronze na espada na Copa do Mundo de esgrima em cadeira de rodas em Pisa. Foto: Ale Cabral/CPB (etapa de São Paulo da Copa do Mundo de 2022).

Jovanne Guissone conquistou a medalha de bronze na espada na Copa do Mundo de esgrima em cadeira de rodas em Pisa. Foto: Ale Cabral/CPB (etapa de São Paulo da Copa do Mundo de 2022).

O medalhista paralímpico Jovane Guissone conquistou nesta quinta-feira,22, a medalha de bronze espada B, principal categoria do atleta, na Copa do Mundo em Pisa, na Itália, de esgrima em cadeira de rodas.

A cor da medalha foi definida para o medalhista paralímpico de Londres 2012 e Tóquio 2020 quando ele alcançou as semifinais da competição em Pisa. Nela, ele encarou o britânico Dimitri Coutya e acabou superado por 15 a 12. O esgrimista do Reino Unido terminou com o ouro do evento.

O caminho de Jovane Guissone rumo ao pódio começou a ser construído na fase de pules. Na pule 1, o gaúcho fez cinco combates, sendo que saiu vitorioso em quatro deles, quando encarou o italiano Davide Costi, o alemão Balwinder Cheema, o polonês Patryk Banach, e o norte-americano Noah Hanssen (seu único revés ocorreu contra o atleta da casa Leonardo Rigo).

Pela boa campanha na primeira fase (foi o terceiro melhor de todas as pules), o brasileiro ficou de bye no quadro de 32. No seguinte, ele não deu chance nenhuma ao norte-americano Noah Hanssen e o derrotou por sonoros 15 a 1. No quadro de 8, novo triunfo de Guissone, agora diante do ucraniano Anton Datsko por 15 a 8, vitória que assegurou o bronze ao representante do Brasil.

“Em geral, eu fiz uma boa competição, até mesmo na semifinal, em que levei três cartões, eu fiz um bom combate diante do Coutya. Eu consegui ver os meus erros e arrumá-los durante o torneio”, avaliou o esgrimista.

“Estou muito feliz pelo resultado. Obrigado pela Confederação (Brasileira de Esgrima) pelo apoio de sempre, a todos os meus amigos e amigas por torcerem por mim. Agora é me preparar cada vez mais para a sequência de provas que terei rumo o meu maior objetivo, Paris 2024”, completou.

Outros dois brasileiros entraram em pista na Itália nesta quinta-feira. Na espada A masculina, Elias Oliveira venceu um jogo na fase de pules, o que não foi suficiente para avançar no campeonato. No sabre feminino A, Ana Elisa Paz não conseguiu triunfar nas pules e, com isso, não se classificou para as eliminatórias.

A Copa do Mundo de esgrima em cadeira de rodas em Pisa segue nesta sexta-feira, 23, quando os brasileiros voltarão a competir. Jovane Guissone joga o sabre masculino B, enquanto Ana Elisa Paz atua no florete feminino A.

*Com informações da Confederação Brasileira de Esgrima (CBE)

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)
 

PATROCINADORES
Patrocinadora do Paratletismo Brasileiro
Patrocinadora do Comitê Paralímpico Brasileiro
PARCEIROS
Parceiro do Comitê Paralímpico Brasileiro
Parceiros do Atleta Cidadão
APOIADORES
Apoiador do Comitê Paralímpico Brasileiro
FORNECEDORES
Fornecedor Oficial