Lauro Chaman e Carlos Alberto Soares conquistam medalha de bronze na Copa do Mundo do Canadá de ciclismo paralímpico

sex, 05 ago 2022 17:03:15 -03:00



Lauro Chaman durante disputa na Copa do Mundo de ciclismo paralímpico, no Canadá | Foto: Divulgação / CBC

Lauro Chaman durante disputa na Copa do Mundo de ciclismo paralímpico, no Canadá | Foto: Divulgação / CBC

Dois dos representantes do Brasil no ciclismo durante os Jogos Paralímpicos de Tóquio, Lauro Chaman e Carlos Alberto Soares conquistaram a medalha de bronze em suas provas de contrarrelógio nesta sexta-feira, 5, pela Copa do Mundo do Canadá de ciclismo paralímpico, que acontece de 4 a 7 de agosto, na cidade de Quebec. 

O paulista Lauro Chaman chegou em terceiro lugar na prova de contrarrelógio pela classe MC5 ao finalizar o percurso em 34min54s34, atrás somente dos franceses Doria Foulon, que terminou a disputa em 34min51s11, e Kein Le Cunff, medalha de ouro com a marca de 34min50s33.

Já o goiano Carlos Alberto Soares foi bronze na mesma prova pela classe MC1, com o tempo de 27min58s68. O vencedor foi o espanhol Ricardo Argiles, com 26min16s32, e o alemão Michael Teuber, com 27min11s74, completou o pódio com a prata.

Em outras participações brasileiras no dia, Victor Luise Herling chegou em 11º lugar na classe MC2, com o tempo de 28min12s65.

Pelo feminino, Gilce de Oliveira Cortes finalizou na oitava colocação a sua prova pela classe WB (49min21s02), enquanto Victoria de Camargo e Barbosa foi a nona colocada na classe WC2 (36min12s51). 

Já pela classe WC5, Ana Raquel Batista, com o tempo de 35min21s31, e Telma Aparecida Bueno, em 35min45s66, encerraram a mesma prova no 10º e 11º lugares, respectivamente.

A Copa do Mundo do Canadá contará com provas de contrarrelógio, revezamento, corrida, e desafio de bicileta em diversas classes e tanto no masculino quanto no feminino.

As provas vão até o próximo domingo, 7, e contarão com a participação de 38 países e cerca de 250 atletas.

Esta é a segunda competição mais importante dentro do calendário da Federação Internacional de Ciclismo (UCI, sigla em inglês), pois a pontuação será validada para a primeira distribuição de vagas para os Jogos Paralímpicos de Paris 2024.

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)

PATROCINADORES
Patrocinadora do Paratletismo Brasileiro
Patrocinadora do Comitê Paralímpico Brasileiro
PARCEIROS
Parceiro do Comitê Paralímpico Brasileiro
Parceiros do Atleta Cidadão
APOIADORES
Apoiador do Comitê Paralímpico Brasileiro
FORNECEDORES
Fornecedor Oficial