CPB convoca 27 atletas para o Regional Open das Américas de halterofilismo

qui, 19 mai 2022 15:07:37 -03:00



Mariana D'Andrea, campeã paralímpica, está no grupo dos 27 halterofilistas que disputarão o Campeonato Regional das Américas. Foto: Ale Cabral/CPB.

Mariana D'Andrea, campeã paralímpica, está no grupo dos 27 halterofilistas que disputarão o Campeonato Regional das Américas. Foto: Ale Cabral/CPB.

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) anunciou nesta quinta-feira, 19, os atletas que representarão o Brasil no Regional Open das Américas de halterofilismo, que acontecerá entre os dias 8 e 11 de julho, em Saint Louis, nos Estados Unidos.

Os 27 halterofilistas foram conhecidos durante transmissão ao vivo na página do CPB no Facebook com Murilo Spina, coordenador-técnico do halterofilismo no CPB, e Valdecir Lopes, técnico-chefe da Seleção Brasileira. O Open Regional das Américas acontecerá no Campus da Universidade Logan, em Chesterfield. 

A competição é obrigatória dentro do caminho para os Jogos Paralímpicos de Paris 2024. Para os atletas da modalidade, é necessário participar do Open para serem elegíveis à uma vaga no maior evento paradesportivo do mundo. Além do Regional das Américas, estão previstos outras três disputas continentais: Ásia-Oceania, na Coreia do Sul; África, na Argélia; Europa, na Geórgia.

Dentre os convocados, estão os medalhistas paralímpicos Mariana D’Andrea, ouro pela categoria até 73 kg nos Jogos de Tóquio 2020, e Evânio Rodrigues, prata entre os atletas até 88 kg nos Jogos Rio 2016.

CONFIRA AQUI A CONVOCAÇÃO OFICIAL

O último Regional Open das Américas de halterofilismo aconteceu em Bogotá, na Colômbia, em 2018, e contou com 150 atletas de 27 nações. Na ocasião, o Brasil conquistou quatro ouros, seis pratas e seis bronzes, e ficou em primeiro lugar no quadro geral da competição.

Além de compor o caminho para os Jogos de Paris 2024, a competição continental é o primeiro evento internacional em que os brasileiros serão submetidos às novas regras do halterofilismo, implementadas pelo Comitê Paralímpico Internacional (IPC, sigla em inglês).

As novas regras e regulamentos foram estipuladas após um período de consulta de três anos (2019-2022). Ao todo, 71 Comitês Paralímpicos Nacionais contribuíram para o processo. Agora, os árbitros contarão com o auxílio de câmeras em caso de dúvidas sobre a validade do movimento executado. 

Confira a live na íntegra


Time São Paulo 
A atleta Mariana D’Andrea é integrante do Time São Paulo, parceria entre o CPB e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo que beneficia 108 atletas de 13 modalidades diferentes e 13 atletas-guia (atletismo).

Programa Loterias Caixa Atletas de Alto Nível 

A atleta Mariana D’Andrea é integrante do Programa Loterias Caixa Atletas de Alto Nível, programa de patrocínio individual da Loterias Caixa que beneficia 70 atletas e sete atletas-guia. 

Patrocínios 
O halterofilismo tem o patrocínio da Braskem e das Loterias Caixa. 

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)

PATROCINADORES
Patrocinadora do Paratletismo Brasileiro
Patrocinadora do Comitê Paralímpico Brasileiro
PARCEIROS
Parceiros do Atleta Cidadão
APOIADORES
Apoiador do Comitê Paralímpico Brasileiro
FORNECEDORES
Fornecedor Oficial