Jovens atletas serão destaques no Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de halterofilismo no CT Paralímpico

qua, 04 mai 2022 11:27:15 -03:00



Clayton Costa realiza levantamento de peso durante 1ª Fase Nacional do Circuito Loterias Caixa de halterofilismo , no CT Paralímpico | Foto: Ricardo Moreira/CPB

Clayton Costa realiza levantamento de peso durante 1ª Fase Nacional do Circuito Loterias Caixa de halterofilismo , no CT Paralímpico | Foto: Ricardo Moreira/CPB

O Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de halterofilismo terá, entre os 100 halterofilistas incritos para participar das disputas entre os dias 5 e 7 de maio, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, jovens atletas também como destaques.

Nas disputas de halterofilismo, cinco dos sete atletas que representaram o Brasil na modalidade durante os Jogos de Tóquio se inscreveram para a competição. Entre eles, a medalhista de ouro Mariana D'Andrea (pela categoria até 73 kg). Porém, nomes de revelações como Lucas Manoel dos Santos e Clayton Duarte Costa também serão atração no Campeonato Brasileiro.

Clayton Duarte Costa, 16 anos, é um dos atletas que já começaram a despontar no cenário nacional da modalidade apesar da pouca idade. O paulista de Itu já até disputou uma competição internacional pela Seleção Brasileira de halterofilismo, o Mundial da Geórgia, no ano passado, quando ficou em quarto lugar na categoria até 59kg.

"Estou treinando firme e em busca da medalha de ouro no Brasileiro. Tentarei quebrar a marca dos 105 kg que bati no Mundial. Mas o foco da minha preparação está sendo o Parapan de Jovens, em Bogotá, na Colômbia [em novembro]", apontou Clayton.

O Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de halterofilismo será a última competição antes do prazo final (8 de maio) para a inscrição para o Campeonato Regional das Américas (Open) da modalidade, que será realizado nos Estados Unidos, em julho. Será a primeira competição oficial que a Seleção Brasileira de halterofilismo terá pela frente no calendário deste ano.

Por isso, as disputas no CT Paralímpico também servirão para o jovem manauara Lucas Manoel dos Santos, 21 anos, manter o ritmo de provas até a convocação para o torneio pela Seleção. Pela categoria até 49 kg, já foi medalha de bronze nos Jogos Parapan-Americanos de Lima 2019, no Peru, e bronze no Mundial da Geórgia em 2021.

"Estamos atentos ao realizar o trabalho de acordo com o planejamento estratégico do Comitê Paralímpico Brasileiro, que é de colocar o maior número de atletas jovens em finais de Jogos Paralímpicos com o decorrer do tempo. Então, estamos com projetos de incentivo para essa categoria, como, por exemplo, estabelecer uma premiação para os técnicos que trazem o maior número de atletas jovens para competições nacionais", afirmou Murilo Spina, coordenador técnico do halterofilismo no CPB.

"Neste ano, o CPB também colocou halterofilismo no programa da Escola Paralímpica de Esportes, para incentivar a base a partir dos 15 anos. Percebemos que havia uma grande demanda para atender o esporte de força no ambiente escolar e, agora, podemos trabalhar com alguns potenciais bem interessantes", completou. 

Até mesmo a mineira Lara Lima, 19 anos, que integrou a Seleção Brasileira nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e já conta com importantes conquistas na curta carreira, ainda faz parte da nova geração de halterofilistas do país e que estão no Brasileiro.

A atleta, que nasceu com mielomeningocele, conquistou a medalha de ouro na categoria júnior e bronze no adulto na etapa de Tbilisi da Copa do Mundo 2021, além da prata no Parapan de Lima 2019 entre as atletas até 41 kg.  

"O Brasileiro será a última oportunidade dos técnicos avaliarem os atletas que estão com índices para o Open das Américas e ainda em observarem os que vierem por ventura bater alguma marca interessante", finalizou Murilo Spina.

Imprensa
Os profissionais de imprensa interessados em cobrir ambas as competições podem enviar um e-mail para imp@cpb.org.br com os seguintes dados: nome completo, RG ou CPF, veículo por qual irá cobrir o(s) evento(s) e o comprovante do esquema vacinal completo contra a Covid-19. O uso de máscara será obrigatório. Nos dias do(s) evento(s), deverão se identificar na sala de imprensa do local.

Serviço
Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de halterofilismo
Dias: de 5 a 7 de maio
Local: Centro de Treinamento Paralímpico
Endereço: Rodovia dos Imigrantes KM 11,5 sem número - Vila Guarani - São Paulo.

Patrocínio
O halterofilismo tem patrocínio das Loterias Caixa 

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)

PATROCINADORES
Patrocinadora do Paratletismo Brasileiro
Patrocinadora do Comitê Paralímpico Brasileiro
PARCEIROS
Parceiro do Comitê Paralímpico Brasileiro
Parceiros do Atleta Cidadão
APOIADORES
Apoiador do Comitê Paralímpico Brasileiro
FORNECEDORES
Fornecedor Oficial