Atletas brasileiros entram na Vila Paralímpica dos Jogos de Pequim 2022

sáb, 26 fev 2022 11:30:26 -03:00



Foto: arquivo pessoal delegação brasileira

Foto: arquivo pessoal delegação brasileira

Parte da delegação brasileira dos Jogos Paralímpicos de Inverno de Pequim 2022 entrou na Vila Paralímpica neste sábado, 26, horário local da China. 

Os atletas do esqui cross-country e comissão técnica chegaram a China e, após procedimentos sanitários obrigatórios no aeroporto de Pequim, se dirigiram a Vila Paralímpica em Zhangjiakou, área das competições da modalidade e do snowboard.

O Brasil ocupa um andar inteiro de um dos prédios da Vila Paralímpica, devidamente caracterizado com a nova identidade visual do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). 

“Gostei muito da vila. Os quartos são espaçosos e já ganhamos alguns mimos da organização do evento. Não conhecemos todas as instalações ainda, pois tivemos que ficar no quarto até sair o resultado do teste PCR de Covid-19”, contou Aline Rocha, única atleta mulher do Brasil nos Jogos Paralímpicos de Inverno de Pequim 2022.

           
Fotos: arquivo pessoal

Com treinamentos específicos na neve desde dezembro, para este domingo, 27, estão previstos treinos de mobilidade com a equipe de fisioterapia e mental com a psicologia, além de um reconhecimento das montanhas pela equipe técnica.

O snowboarder André Barbieri e seu técnico serão os últimos da equipe brasileira a entrar na Vila Paralímpica, na próxima terça-feira, 1º de março.

A cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos de Inverno de Pequim 2022 está marcada para a próxima sexta-feira, 4, e será realizada no Estádio Nacional, o Ninho de Pássaro, na capital chinesa.

Os Jogos Paralímpicos de Inverno de Pequim 2022 serão a terceira participação brasileira no evento e contará com o maior número de atletas da história: seis – Aline Rocha, Cristian Ribera, Guilherme Cruz Rocha, Robelson Moreira Lula e Wesley dos Santos, pelo esqui cross-country, e André Barbieri, pelo snowboard. Confira aqui o Guia de Imprensa com os perfis dos atletas.

O melhor resultado do Brasil, até agora, foi sexta colocação na prova de 15km do esqui cross-country com Cristian Ribera em PyeongChang 2018.    

O programa dos Jogos Paralímpicos de Inverno contempla as modalidades disputadas na neve (esqui alpino, esqui cross-country, biatlo e snowboard) e os esportes de gelo (para hóquei no gelo e curling em cadeira de rodas).     

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)

PATROCINADORES
Patrocinadora do Paratletismo Brasileiro
Patrocinadora do Comitê Paralímpico Brasileiro
PARCEIROS
Parceiros do Atleta Cidadão
APOIADORES
Apoiador do Comitê Paralímpico Brasileiro
FORNECEDORES
Fornecedor Oficial