É amanhã! CT Paralímpico recebe Campeonato das Américas de goalball com 25 seleções

qui, 17 fev 2022 14:56:23 -03:00



Atletas da Seleção Brasileira de goalball treinam no CT Paralímpico | Foto: Ale Cabral/CPB

Atletas da Seleção Brasileira de goalball treinam no CT Paralímpico | Foto: Ale Cabral/CPB

O Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, receberá o Campeonato das Américas de goalball, a partir desta sexta-feira, 18, até o dia 22 de fevereiro. Ao todo, 25 seleções disputarão o torneio, sendo 13 na categoria masculina e 12 times femininos. 

As Seleções Brasileiras masculina e feminina já estreiam nesta sexta, 18. O time masculino fará seu primeiro jogo contra a Colômbia, às 8h30, enquanto o feminino enfrentará a Venezuela, às 9h30. No mesmo dia, ambas as equipes voltarão à arena multiuso: às 15h30, as mulheres vão enfrentar as colombianas, enquanto, às 18h30, os homens jogarão contra os chilenos. As duas partidas da Seleção feminina serão transmitidas pelo Facebook e Youtube do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). 

Brasil, Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Estados Unidos, Guatemala, México, Nicarágua, Peru, Porto Rico e Venezuela serão as 13 equipes masculinas da competição. Dessas seleções, apenas Porto Rico não será representado entre as mulheres. Os jogos serão disputados em dois espaços do CT Paralímpico: arena multiuso e a própria quadra da modalidade. Os times jogarão entre si dentro dos grupos, tanto no masculino quanto no feminino. As oito melhores de cada categoria avançarão às quartas de final (veja mais abaixo). 

O torneio, que seria originalmente realizado em 2021, chega à sua quarta edição, sendo a terceira sediada em São Paulo (2005, 2017 e 2022). Em 2013, ele foi disputado em Colorado Springs (EUA). A Seleção feminina do Brasil foi vice-campeã em todas as participações. Já a masculina tem, além do título de 2017, o terceiro lugar em 2013 e a quarta colocação em 2005. 

A competição valerá vaga para o Mundial da modalidade, marcado para junho, na China. A Seleção Brasileira masculina, campeã paralímpica em Tóquio e atual bicampeã mundial, já está classificada. A feminina, quarta colocada na capital japonesa, precisa chegar à final do Campeonato das Américas para garantir a sua vaga. No entanto, caso os EUA sejam um dos times finalistas, a terceira colocação bastará às brasileiras, pois as norte-americanas já possuem vaga no Mundial. 

Imprensa e transmissão 
O profissional de imprensa interessado na cobertura da competição precisa enviar um e-mail para renancacioli@cbdv.org.br, com os seguintes dados: nome completo, RG ou CPF, veículo para qual realizará o trabalho e o comprovante do esquema vacinal completo contra a Covid-19 (pode ser foto). O uso de máscara no local será obrigatório. 

Além dos dois jogos da Seleção feminina nesta sexta, o CPB também irá transmitir uma partida das quartas de final, ainda não definida, que será realizada na próxima segunda, 21. Alguns duelos do torneio também serão transmitidos pelo YouTube da Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV), entidade responsável pelo goalball no Brasil. Já as semifinais e finais, que ocorrerão na segunda e terça, 22, poderão ser acompanhadas nos canais SporTV. 

Grupos e modelo de disputa 
Masculino
Grupo A: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Nicarágua, Peru e Venezuela. 
Grupo B: Canadá, Costa Rica, EUA, Guatemala, México e Porto Rico. 
 
Feminino 
Grupo C: Brasil, Colômbia, Guatemala, México, Peru e Venezuela. 
Grupo D: Argentina, Canadá, Chile, Costa Rica, EUA e Nicarágua. 

As quatro melhores equipes de cada grupo avançam às quartas de final e se enfrentam em confrontos eliminatórios. Os vencedores desses jogos farão as semifinais no mesmo dia, sendo que as disputas pelo bronze e as finais serão realizadas na terça-feira, 22.

Patrocínio
O goalball brasileiro tem patrocínio das Loterias Caixa

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br). 
 

PATROCINADORES
Patrocinadora do Paratletismo Brasileiro
Patrocinadora do Comitê Paralímpico Brasileiro
APOIADORES
Apoiador do Comitê Paralímpico Brasileiro
PARCEIROS
Parceiro do Comitê Paralímpico Brasileiro
Parceiros do Atleta Cidadão
FORNECEDORES
Fornecedor Oficial