Primeira fase do Camping Escolar Paralímpico terá 12 alunos da Escola de Esportes do CPB

sex, 21 jan 2022 15:09:46 -03:00



A primeira edição do Camping Escolar Paralímpico foi em 2018. Foto: Foto: Daniel Zappe/CPB

A primeira edição do Camping Escolar Paralímpico foi em 2018. Foto: Foto: Daniel Zappe/CPB

Doze dos 117 atletas participantes do Camping Escolar Paralímpico, que acontecerá de 29 de janeiro a 5 de fevereiro, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, são oriundos da Escola Paralímpica de Esportes do CPB. 

O Camping Escolar é idealizado e realizado pelo CPB desde 2018 e tem como objetivo proporcionar a jovens atletas, com idade entre 12 e 17 anos, selecionados a partir das Paralimpíadas Escolares, o primeiro contato com a rotina de um atleta de alto rendimento. 

Jovens esportistas que iniciaram a vida esportiva na Escolinha do CPB foram selecionados para o Camping. Ao todo, 12 atletas de sete modalidades (atletismo, bocha, goalball, natação, padabadminton e vôlei sentado) terão a oportunidade de vivenciar por uma semana a rotina de atletas de alto rendimento. 

“Eu estou bastante feliz! Estou com a expectativa bem lá em cima, são expectativas bem positivas. Tudo que eu já conversei com outros atletas que participaram do Camping é maravilhoso. A rotina de treino, o que você aprende, a convivência com outros atletas e com outros treinadores é uma coisa diferente. Estou animado com o que eu vou aprender. Animado com a convivência, porque são pessoas de outros estados, com outras rotinas, e eu posso aprender bastante e ensinar também”, contou empolgado João Pedro Dantas, 14, que tem glaucoma congênito e está na Escola Paralímpica de Esportes desde 2019.

LEIA MAIS
CPB oferece transporte gratuito para alunos da Escola Paralímpica; confira os locais de encontro



Para Ramon Pereira, diretor de desenvolvimento esportivo do CPB, esta transição de atletas entre os projetos reflete bem o sucesso das ações. 

“Todos os projetos da Diretoria de Desenvolvimento Esportivo, e na Diretoria de Alto Rendimento, se interrelacionam e isso é muito importante porque todos nós buscamos o objetivo maior: os resultados nos Mundiais e nos Jogos Paralímpicos. Então, esse sincronismo tem que existir!”

Além dos atletas, 21 técnicos e dois guias foram convidados para participar do Camping para também terem contato com rotinas dos profissionais de alto rendimento.  
  
Na primeira edição do Camping Escolar, em 2018, apenas atletismo e natação foram contemplados. Em 2020, apenas o primeiro encontro foi realizado presencialmente, em janeiro, devido à pandemia da Covid-19.   

Ao todo, foram convidados 20 atletas para o atletismo, seis para o basquete em cadeira de rodas (3x3), oito para bocha, nove para o futebol de 5, 14 para o futebol de 7 (para paralisados cerebrais), sete para o goalball, oito para o judô, 20 para a natação, seis para o parabadminton, três no parataekwondo, dois no tênis em cadeira de rodas, sete no tênis de mesa, e nove no vôlei sentado.   

Os atletas que participam do Camping, além de cumprirem todas as atividades propostas pelos técnicos do CPB e confederações, se responsabilizam por participarem de competições regionais e/ou nacionais de suas modalidades ao longo do ano.    

Patrocínio
A Escola Paralímpica de Esportes tem o patrocínio do Grupo Volvo via Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal.

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro

PATROCINADORES
Patrocinadora do Paratletismo Brasileiro
Patrocinadora do Comitê Paralímpico Brasileiro
PARCEIROS
Parceiro do Comitê Paralímpico Brasileiro
Parceiros do Atleta Cidadão
APOIADORES
Apoiador do Comitê Paralímpico Brasileiro
FORNECEDORES
Fornecedor Oficial