Playlist do CPB conta com mais de 80 vídeos com audiodescrição e acessibilidade a pessoas com deficiência visual

qua, 14 out 2020 12:40:56 -03:00



Jogadora de goalball, Carol Duarte, uniformizada e com venda sentada na quadra | Foto: Daniel Zappe / MPIX / CPB

Jogadora de goalball, Carol Duarte, uniformizada e com venda sentada na quadra | Foto: Daniel Zappe / MPIX / CPB

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) possui uma playlist no seu canal do YouTube com mais de 80 vídeos com audiodescrição, um recurso de acessibilidade que permite que pessoas com deficiência visual assistam a vídeos e espetáculos com autonomia.  

Acesse a playlist aqui.  

“A audiodescrição nos ajuda a nos aproximarmos de uma realidade visual. Com ela, temos acesso ao que está sendo transmitido visualmente. Certamente, é um ótimo recurso inclusivo para as pessoas com deficiência visual, ajudando assim a transmissão da mensagem do vídeo ou conteúdo completo para nós”, afirmou a bicampeã parapan-americana de goalball Ana Carolina Duarte, que tem baixa visão.  

A playlist, que foi criada em 2017, tem cerca de duas horas de conteúdo audiodescrito. O vídeo campeão de visualizações é, por enquanto, o intitulado “Como funcionam as próteses do esporte paralímpico” com mais de 9,3 mil reproduções, assistido por 10h30min. Na vice-liderança, está “As classes da natação paralímpica”, com quase 7 mil visualizações.  

“Fico feliz por ter ajudado a difundir um conteúdo que, muitas vezes, não tem em lugar nenhum, ainda mais com acessibilidade. A audiodescrição ainda precisa crescer para poder ajudar mais pessoas”, comentou Vinícius Rodrigues, velocista amputado da perna esquerda que é a estrela do vídeo mais assistido da playlist.   

LEIA MAIS
Como professores de Educação Física podem orientar alunos com deficiência visual à distância?
Dia das Crianças: confira dicas sobre como incentivar crianças com deficiência a se exercitarem


As videoaulas para pessoas cegas e com baixa visão do Movimente-se também contam com o recurso de audiodescrição. Este projeto online do CPB oferece atividade física gratuitamente a pessoas com deficiência. O programa foi lançado em junho e já possui dois módulos no ar, que totalizam 48 aulas disponíveis no site do Movimento Paralímpico.  

Os praticantes com deficiência visual do Movimente-se também contam com assistência por vídeo em tempo real no aplicativo Be My Eyes. Por meio desta parceria com o app dinamarquês que conecta pessoas cegas e com baixa visão a voluntários, o CPB disponibiliza profissionais de Educação Física que tiram as dúvidas sobre as aulas desses usuários do Movimente-se de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.   

Além da deficiência visual, o Movimente-se também atende pessoas com deficiência física, que fazem uso de cadeira de rodas, são amputadas ou têm paralisia cerebral em aulas especificas para cada tipo de deficiência.  

Patrocínios
O Movimente-se tem patrocínio das Loterias Caixa.  
  
Time São Paulo
O atleta Vinícius Rodrigues é integrante do Time São Paulo, parceria entre o CPB e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo que beneficia 61 atletas e dois atletas-guia de 11 modalidades

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br) 

PATROCINADOR MASTER
Patrocinadora oficial de 11 modalidades paralímpicas
PATROCINADORES
Patrocinadora oficial do Paratletismo Brasileiro
Patrocinadora do Comitê Paralímpico Brasileiro
APOIADORES
Apoiador do Comitê Paralímpico Brasileiro
PARCEIROS
Parceiro do Comitê Paralímpico Brasileiro
Parceiros do Atleta Cidadão