Notícias

IPC lança processo de candidatura para cronograma esportivo de Paris 2024

Por CPB
Sex, 10 Nov 2017 11:43:00 -0200
Fernando Maia/MPIX/CPB Imagem

O Comitê Paralímpico Internacional (IPC, do inglês) lançou o que promete ser o mais competitivo processo de candidatura, já que embarca em um exercício de 14 meses para decidir o cronograma esportivo dos Jogos Paralímpicos de 2024, em Paris.

Atualmente, há 22 esportes no programa dos Jogos Paralímpicos: atletismo, tiro com arco, badminton, bocha, canoagem, ciclismo, hipismo, futebol de 5, goalball, judô, halterofilismo, remo, tiro esportivo, vôlei sentado, natação, tênis de mesa, taekwondo, triatlon, basquete em cadeira de rodas, esgrima em cadeira de rodas, rugby em cadeira de rodas e tênis em cadeira de rodas.Todos serão disputados em Tóquio 2020.

O badminton e o taekwondo farão suas estreias paralímpicas em Tóquio, enquanto canoagem e triatlon aparecerão nos Jogos Paralímpicos pela segunda vez (a primeira aparição foi no Rio 2016). 

Andrew Parsons, presidente do IPC, disse: “Nós acreditamos que o processo de candidatura que será incluído no cronograma esportivo dos Jogos Paralímpicos de 2024, em Paris, será o mais competitivo até agora, com 35 federações internacionais e Organizações Internacionais para o Desporto destinado aos deficientes (IOSDs) competindo por lugares.

“Simultaneamente ao crescimento dos Jogos Paralímpicos, o padrão e o desenvolvimento de todos os esportes paralímpicos aumentaram também nos últimos anos. Como resultado, estamos realizando o processo de candidatura mais abrangente na história do movimento paralímpico para garantir que Paris 2024 apresente os melhores esportes possíveis com o maior apelo global”.

“Nos últimos 24 meses, o Comitê dos Jogos Paralímpicos do IPC vem trabalhando duro junto à equipe de gestão da entidade para determinar os critérios esportivos que devem ser incluídos nos Jogos Paralímpicos. O resultado é que nenhum esporte garantiu seu lugar em Paris 2024”.  

“O Conselho Administrativo do IPC pretende dar forma a um cronograma esportivo competitivo e atrativo que vai inspirar e animar o mundo em 2024. Nós apoiamos firmemente o compromisso do Comitê Olímpico Internacional (COI)  de estimular a participação e o envolvimento das mulheres no esporte criando mais oportunidades nos Jogos. O IPC também partilha o desejo do COI de, através da Agenda Olímpica de 2020, monitorar de perto e reduzir os gastos com encenação durante os Jogos. Todas as federações internacionais devem estar atentas a estas duas áreas ao se aplicarem”.

As Federações Internacionais Reconhecidas (IFs) de esportes de verão que ainda não estão no cronograma paralímpico têm até 21 de novembro para declarar se têm interesse em se inscrever para um esporte ou disciplina para ser incluído em Paris 2024.

Atualmente, o IPC reconhece 12 IFs não-paralímpicas de esportes de verão, sendo elas a Federação Internacional de Futebol em Cadeira de Rodas, a Federação Internacional de Gold, a Federação Internacional de Handball, a Federação Internacional de Hockey, a Federação Internacional de Surf, a Federação Internacional de Frisbee, a União Internacional de Pentatlo, a Federação Mundial de Luta de Braço, a Federação Mundial de Karatê, a Federação Mundial de Futebol PC, a Federação Mundial de Vela e a Federação Internacional de Escalada Esportiva. A Associação Internacional para Deficientes Intelectuais (INAS) também pode se candidatar.

As federações internacionais existentes com esportes e disciplinas no programa esportivo dos Jogos Paralímpicos de 2020 também tem até dia 21 de novembro para sugerir outros esportes e disciplinas para inclusão nos Jogos de 2024. 

Em 27 de janeiro de 2018, o Conselho Administrativo do IPC terá uma reunião em Bonn, na Alemanha, para decidir quais novos esportes e disciplinas desses que manifestaram interesse estão elegíveis para passar para a segunda etapa do processo de candidatura.

De fevereiro de 2018 em diante, os 22 esportes paralímpicos estabelecidos e os esportes e disciplinas adicionais aprovados pelo Conselho Administrativo do IPC serão convidados para completar o abrangente processo de candidatura em julho de 2018. O processo possui uma série de perguntas que visam fornecer informações detalhadas do IPC sobre governança, regras e regulamentos de cada esporte, custos associados, conformidade e atividades do programa de antidoping, alcance mundial, programa de competição quadrienal e procedimentos para garantir o bem-estar do atleta.

Após uma análise aprofundada de todas as candidaturas, o Conselho Administrativo do IPC tomará sua decisão final sobre o cronograma esportivo de Paris 2024 no início de 2019.

Os primeiros Jogos Paralímpicos ocorreram em Roma, Itália, em 1960, e contaram com 400 atletas de 23 países, que competiram em oito esportes: tiro com arco, atletismo, dardo, sinuca, natação, tênis de mesa, esgrima em cadeira de rodas e basquete em cadeira de rodas.

Assessoria de comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)