Fruto do Centro de Formação, jovem do atletismo participa do Camping Escolar

Por CPB
Sex, 01 Fev 2019 18:07:00 -0200
Daniel Zappe/MPIX/CPB Imagem

O Camping Escolar Paralímpico proporciona a jovens atletas, de 12 a 17 anos, a experiência de uma fase de treinamento de alto rendimento. A primeira etapa da edição de 2019 termina na próxima terça-feira, 5, e conta com a participação de 101 esportistas. Entre eles está Gabriel Gomes, que pratica atletismo há menos de um ano. O paulista é fruto do Centro de Formação Esportiva, que oferece iniciação em oito esportes adaptados. Os dois projetos são realizados no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

As aulas do Centro de Formação Esportiva – Esportes Paralímpicos tiveram início em abril de 2018. Foi por meio desde projeto do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) que Gabriel Gomes, 13 anos, começou a praticar esporte. O atleta tem baixa visão devido a um retinoblastoma bilateral e chamou a atenção do professor de atletismo, que o convidou para participar da turma de aperfeiçoamento do Centro de Formação.

Logo depois, ele foi selecionado para integrar a delegação de São Paulo nas Paralimpíadas Escolares. A competição nacional ocorreu em novembro de 2018, no CT Paralímpico. Na ocasião, Gabriel conquistou três medalhas de ouro: lançamento de pelota, pela classe F12, e nas provas de 60m e 150m, pela classe T12. Foi a partir do seu desempenho nas Paralimpíadas Escolares, que Gabriel e os outros atletas foram selecionados para participarem do Camping Escolar Paralímpico.

“Essa experiência é incrível. Estou aprendendo muita coisa nova. De degrau em degrau eu vou alcançar meu sonho de ir para os Jogos Paralímpicos. Desde que eu entrei no CPB só melhorei minhas marcas”, relatou Gabriel Gomes, que é morador de Osasco, na Grande São Paulo.

Durante os nove dias do Camping Escolar Paralímpico, os jovens passarão por testes e avaliações, treinos especializados para melhorar sua performance, além de palestras com técnicos do CPB. A segunda fase de treinamento da edição 2019 será de 25 junho a 3 de julho, também no CT Paralímpico. Os mesmos participantes retornarão para a próximo etapa para que haja um acompanhamento dos seus rendimentos.

Esta é a segunda edição do Camping Escolar Paralímpico, cujos 101 participantes representam 21 Estados e o Distrito Federal. Este ano, o projeto contempla as 11 modalidades que foram disputadas nas Paralimpíadas Escolares 2018: atletismo, bocha, basquete em cadeira de rodas, futebol de 5 (para cegos), futebol de 7 (para paralisados cerebrais), goalball, judô, natação, tênis em cadeira de rodas, tênis de mesa e vôlei sentado.

O Centro de Formação Esportiva – Esportes Paralímpicos

O Centro de Formação Esportiva retomará suas atividades na próxima segunda-feira, 4 de fevereiro, e tem como objetivo promover a experimentação de oito modalidades paralímpicas: atletismo, bocha, futebol de 5, goalball, judô, natação, tênis de mesa e vôlei sentado. O projeto finalizou o último ano com 330 alunos frequentes e quer atender 500 estudantes.

Podem participar deste projeto crianças com deficiência física, visual ou intelectual, de 10 a 17 anos, residentes na cidade de São Paulo ou municípios vizinhos e que estejam matriculadas em rede de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

As inscrições podem ser feitas pelo e-mail formacaoesportivaparalimpica@cpb.org.br, contendo a ficha de inscrição ou pessoalmente no CT Paralímpico (Rodovia dos Imigrantes, km 11.5, São Paulo), com o departamento de Coordenação de Esporte Escolar.

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro 


Notícias