Notícias

Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, sediará Mundial de Atletismo em 2019

Por CPB
Mon, 11 Jun 2018 16:00:00 -0300
Marcio Rodrigues/CPB/MPIX Imagem

Petrúcio Ferreira celebra recorde mundial nos 200m T7 no Mundial de Atletismo Londres 2017

Dubai, nos Emirados Árabes Unidos (EUA), será a sede do Mundial de Atletismo de 2019, marcado para 7 a 15 de novembro, de acordo com anúncio feito nesta segunda-feira, 11, pelo Comitê Paralímpico Internacional (IPC, na sigla em inglês). 

As disputas serão no novo estádio de atletismo Dubai Club for People of Determination e terão suporte do prince de Dubai,  HH Sheikh Hamdane Almaktoum. Além de ser a principal competição em 2019 para a modadalidade, o Mundial funcionará como a última oportunidade para os atletas do esporte garantirem vagas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 para seus respectivos países.  São esperados mais de 1300 velocistas, fundistas e saltadores de 100 nações. 

"Será ótimo ter um evento novamente na Ásia um ano antes dos Jogos de Tóquio. Dubai e os Emirados Árabes Unidos têm sido parceiros importantes do Movimento Paralímpico nos últimos tempos e nós temos total confiança de que Dubai irá superar nossas expectativas", afirma Ryan Montgomery, diretor de esportes de verão do IPC. 

"Com o suporte do Comitê Organizador Local, contruiremos, uma vez mais,  o sucesso das edições passadas, melhorando as nossas audiências na TV e nas redes sociais, e aumentando nosso programa educacional e as iniciativas antidoping. Queremos que os atletas tenham o melhor ambiente possível para que posam atingir seus objetivos", completa Ryan.

"Estamos muito orgulhosos de ter Dubai e os Emirados Árabes Unicos como sede, pela primeira vez, de um Mundial de Atletismo. É uma ótima oportunidade de mostrar o desenvolvimento do esporte paralímpico no nosso país. Os atletas e os países encontrarão uma estrutura de primeiro mundo para que possam perfomar da melhor maneira possível. Será, também, uma oportunidade das pessoas dos Emirados Árabes Unidos verem, ao vivo, os melhores do mundo em ação", disse Mohammed Al Hameli, presidente do Comitê Paralímpico dos EAU e membro do Conselho Diretor do IPC.     

A edição de 2019 do Mundial será a 9ª da história do campeonato. O último foi realizado em 2017, no Estádio Olímpico de Londres, na Inglaterra, com mais de 1150 atletas de 90 países. Na terra da rainha, o Brasil encerrou em 9º no quadro geral de medalhas, com 8 ouros, 7 pratas e 6 bronzes.  

Com informações do Comitê Paralímpico Internacional (IPC, na sigla em inglês). 

Assessoria de comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)