Notícias

Bolsa Atleta amplia prazo de inscrição para atletas olímpicos e paralímpicos

Por CPB
Qua, 06 Set 2017 12:00:00 -0300
Imagem

O Ministério do Esporte reabriu nesta quinta-feira, 31, as inscrições para o programa Bolsa Atleta, exercício de 2017. O pleito tem como base os resultados esportivos de 2016 nas modalidades que compõem o programa dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. As inscrições poderão ser feitas até o dia 6 de setembro exclusivamente no portal do Ministério do Esporte. 
 
Após o cadastro no site do Governo Federal, os atletas terão até o dia 13 de setembro para enviar a documentação necessária. A publicação da lista de atletas contemplados está prevista para segunda quinzena de novembro e os atletas terão 30 dias para assinar o Termo de Adesão.  O novo calendário atende a pleitos de atletas que solicitaram à pasta novos prazos para inscrição e envio de documentos. 
 
As competições qualificatórias à bolsa são indicadas pelas confederações das modalidades olímpicas ou pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), no caso dos esportes paralímpicos. Os atletas contemplados na categoria de bolsa Estudantil são selecionados nos Jogos Escolares e nos Jogos Universitários Brasileiros.
 
O edital prevê a concessão de bolsas nas categorias Atleta de Base (R$ 370), Estudantil (R$ 370), Nacional (R$ 925), Internacional (R$ 1.850), e Olímpica/Paralímpica (R$ 3.100). O atleta contemplado receberá o equivalente a 12 parcelas do valor definido na categoria a partir do mês subsequente a assinatura do Termo de Adesão.
 
Podem concorrer atletas que tenham obtido bons resultados em competições nacionais e internacionais de suas modalidades e que estejam vinculados a uma entidade de prática desportiva. Esportistas da categoria Estudantil devem estar regularmente matriculados em instituição de ensino, pública ou privada.
 
Considerado o maior programa de patrocínio esportivo individual e direto do mundo, a ação é uma das iniciativas do Governo Federal que têm contribuído para a formação de atletas que representem o país em competições de nível nacional e internacional.
 
Desde a criação do programa, em 2005, cerca de 23 mil atletas brasileiros foram patrocinados, por meio de 52 mil bolsas. O investimento ultrapassa a marca de R$ 897 milhões. No exercício de 2016, 7.297 atletas foram patrocinados, destes, 6.217 eram de modalidades olímpicas/paralímpicas.

Com informações do Ministério do Esporte

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)