Notícias

AGAFUC-RS é campeã da Super Copa Brasil de futebol de 5

Por CPB
Seg, 12 Mar 2018 07:00:00 -0300
Imagem

A AGAFUC-RS sagrou-se campeã da Super Copa Brasil de futebol de 5 neste domingo, 11, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. O gol do título da primeira edição da competição foi marcado por Nonato Mendes, de pênalti, no empate em 1 a 1 com o ICB-BA, em partida transmitida ao vivo pelo SporTV.

Precisando de um empate para ser campeã, a AGAFUC-RS foi para o jogo com uma equipe bastante ofensiva, com apenas um defensor de origem. As oportunidades eram criadas em ambos os lados. Ricardinho e Jefinho levaram as defesas à loucura, mas pararam nos goleiros no primeiro tempo.

Se nos 20 minutos iniciais o gol não aconteceu por um detalhe, logo no início da etapa complementar, Jefinho arrancou em velocidade e foi calçado por Tiago Paraná dentro da área: pênalti. Cássio bateu com força e colocou os baianos com a mão na taça aos 2 minutos.

Em desvantagem no placar, os gaúchos passaram a dominar mais as ações ofensivas e o ICB-BA apostou nos contra-ataques. A partida estava em aberto e qualquer uma poderia chegar ao gol. Felicidade da AGAFUC-RS, que em pênalti sofrido por Nonato chegou à igualdade no placar com 3 minutos para o encerramento da partida. O camisa 11 cobrou com perfeição eu deixou tudo igual.

Depois do empate, o atual campeão brasileiro conseguiu segurar o placar de 1 a 1 e ficou com o troféu de campeão da Super Copa Brasil de futebol de 5. Melhor jogador do mundo, Ricardinho valorizou o confronto entre as duas equipes e projetou mais conquistas ao longo do ano.

“Nós estamos felizes por conquistar mais um título, numa nova competição que a CBDV adicionou em nosso calendário anual, numa partida muito difícil contra a Bahia, uma equipe muito forte, mostrou isso mais uma vez, num jogo de detalhes. Iniciamos o nosso ano com o pé direito, fomos campeões de tudo ano passado e temos condições de conquistar todos os títulos, mas se vai ganhar é uma incógnita, nem sempre dá. No Brasil tem muitas equipes fortes, mas estamos com os pés no chão e vamos pensar primeiro no Regional Sul/Sudeste e depois no Brasileiro”, comemorou o craque.

Bronze
Na partida que decidiu o bronze da competição, Urece-RJ x CESEC-SP empataram em 1 a 1. Como os cariocas tinham o saldo de gols melhor que os paulistas acabaram ficando em terceiro. As duas equipes podem voltar a se enfrentar daqui a quatro meses no Regional Sul/Sudeste, também no Centro de Treinamento Paralímpico.

Artilharia
Na disputa do posto de goleador da competição, Jefinho tinha um gol de vantagem sobre os outros postulantes ao prêmio, mas como passou em branco na última rodada e viu Nonato marcar de pênalti e igualar a marcar de 5 tentos, e com isso os dois atletas terminaram empatados na artilharia da Super Copa Brasil de futebol de 5.

* Com informações da Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV)

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)