Notícias

Brasil quer soberania no Futebol de 5 também entre os jovens.

Por CPB
Imagem

O futebol de 5 é um dos esportes paralímpicos onde o Brasil exerce amplo domínio.  A Seleção principal é a única que foi campeã em Jogos Paralímpicos desde 2004, quando a modalidade  estreou no programa. Nos Jogos Parapan-Americanos de Jovens São Paulo 2017, o país tentará a soberania também entre os juvenis.

Técnico da Seleção principal, Fábio Vasconcelos comandará o grupo de atletas juniores em São Paulo em busca da medalha de ouro. O treinador gostou de ter a modalidade em uma competição juvenil, principalmente para ter a oportunidade de colocar os futuros talentos em campo. “Para nós, é bom ver que tem uma renovação”, avalia.

Apesar do peso de serem do país com os melhores jogadores do mundo, o grupo, segundo o técnico, reage bem. “É uma seleção muito verde, que ainda  precisa amadurecer. Mas aplico, com eles, a mesma metodologia do time adulto. Formo um time ofensivo, que sai sempre para o jogo. Faço isso para, quando eles chegarem à principal, já estarem acostumados.  Nosso trabalho aparece para deixá-los à vontade para fazer o melhor em campo”, explica Fábio.

E mesmo que o time brasileiro juvenil tenha a mesma postura da seleção principal, o técnico não acredita que terão pela frente jogos fáceis. Apesar da pouca informação sobre as equipes juvenis que disputam o Parapan de Jovens, Fábio ressalta que Argentina e México são times que merecem uma atenção maior.

“A Argentina sempre tem uma base forte. Eles apostam em crianças de 11 anos, 13 anos, e elas vão crescendo fazendo um trabalho muito bem feito. Já o México tem jogador que integra o time principal, ou seja, com experiência. Então, acredito que são dois países que estarão entre os mais fortes”, observou.

 

Assessoria de imprensa do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br).