Notícias

Em Palmas, Terezinha Guilhermina corre com aluno no Festival

Por CPB
Sáb, 22 Set 2018 14:22:00 -0300
Marco Antonio Teixeira/MPIX/CPB Imagem

A Universidade Federal de Tocantins, em Palmas, recebeu neste sábado, 22, mais de 100 crianças com e sem deficiência para participarem do Festival Paralímpico. A medalhista paralímpica Terezinha Guilhermina abrilhantou o evento na capital tocantinense. O Festival celebrou o Dia Nacional do Atleta Paralímpico e aconteceu simultaneamente em 48 cidades brasileiras. 

Terezinha participou das três modalidades oferecidas no núcleo - atletismo, bocha e tênis de mesa – e no atletismo pôde dar umas dicas e correr com o jovem João Pedro Bernardes de 15 anos. João também é deficiente visual e aproveitou todas as dicas da campeã. “Muito legal tê-la aqui, corri com ela ali na pista e peguei dicas com o treinador dela para fazer o salto em distância também”, disse o aluno da rede pública de ensino referindo-se ao marido e técnico da velocista, Thales de Castro.

“Eu comecei com 22 anos, eles estão começando mais novos. Com esforço, dedicação eles têm chance de chegarem longe e conquistarem tantas medalhas quanto eu, ou até mais. Espero que os professores embarquem junto com essa criançada no sonho de serem atletas”, disse a medalhista de bronze nos 400m T11 nos Jogos Paralímpicos Rio 2016.

Esta foi a primeira edição do Festival Paralímpico, que é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), e envolveu mais de 10mil pessoas em todo o Brasil. Na região Norte brasileira, seis estados receberam o Festival: Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

“O evento superou as nossas expectativas e já estamos esperando as orientações para 2019. Conversei com muitos alunos com e sem deficiência, pais e professores e todos gostaram do Festival. Gratidão ao CPB e a toda equipe de Palmas que com dedicação, entusiasmo, presteza e muita seriedade fez o Festival Dia do Atleta Paralímpico, núcleo Tocantins, um sucesso”, disse Márcia Resende, coordenadora do núcleo de Palmas.

A organização local do evento contou com 32 voluntários, três professores responsáveis pelas modalidades e duas coordenadoras. 

Time São Paulo 
A atleta Terezinha Guilhermina é integrante do Time São Paulo, parceria entre o CPB e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo que beneficia 62 atletas e seis atletas-guia de dez modalidades.

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)