Notícias

Nova geração de esgrimistas compete no CT como preparação para Copa do Mundo

Por CPB
Sáb, 23 Jun 2018 13:10:00 -0300
Daniel Zappe/CPB/MPIX Imagem

Entre os 44 atletas que disputam a II Copa Brasil de esgrima em cadeira de rodas, competição de caráter nacional que vai até domingo, 24, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, quatro estão em uma missão especial. Elias Daniel Oliveira (ACE/MG), Ana Elisa Paz Zeferino (GNU/RS), Rayssa Veras (ADEACAP/SP) e Kevin Damasceno (GNU/RS) foram convocados para representar o Brasil na Copa do Mundo Juvenil (sub 23 e sub 17) da modalidade, a ser disputada em Varsóvia, na Polônia, de 10 a 14 de julho, logo após a etapa adulta do evento, marcada para 5 a 9, no mesmo local. No CT, o jovem grupo aproveita para ganhar experiência antes de embarcar, pela primeira vez, para terras estrangeiras.   
 
A II Copa Brasil de esgrima em CR ocorre simultaneamente à 3ª etapa nacional do Circuito Loterias Caixa de halterofilismo. As duas competições reúnem mais de 200 atletas de 13 estados e do Distrito Federal no CT Paralímpico.
 
A ideia de inscrever a delegação na Copa do Mundo Juvenil de esgrima em cadeira de rodas bate com a estratégia da coordenação da modalidade de fomento e desenvolvimento da base. O projeto começou logo após os Jogos do Rio 2016, seguindo o que as grandes potências do esporte, como Itália, França e Rússia estavam fazendo, segundo explica Valber Nazareth, que chefiará a delegação na Copa do Mundo.  
 
“Na esgrima em cadeira de rodas, a maioria têm uma idade mais avançada, mas, agora, se a gente quiser ter atletas competitivos internacionalmente no futuro, temos que trabalhá-los desde a base. O Jovane Guissone, que entrou mais velho no esporte, é uma exceção. Começou tarde e mesmo assim chegou ao alto nível, mas isso é raro”, justifica, citando o gaúcho medalha de ouro nos Jogos Paralímpicos de Londres 2012.  

“Decidimos incluir uma porcentagem de jovens nas nossas delegações internacionais para dar rodagem a estes atletas, para que eles possam se familiarizar com eventos grandes e com novos adversários. Tudo isso ajuda na evolução. Todos os quatro que vamos levar para a Polônia têm chances de se apresentar bem”, completa Valber. 
 
Kevin Damasceno, um dos convocados, tem apenas 14 anos. Filho do também esgrimista Fábio Damasceno, que participou dos Jogos Paralímpicos Rio 2016, o jovem atleta começou na modalidade há três anos, incentivado pelo pai. “Ele sempre me chamava para os treinos e eu comecei a gostar. Hoje treino duas vezes na semana, por causa da escola, mas já tenho o sonho de seguir carreira a esgrima”, diz Kevin, que nasceu com mielomeningocele. 
 
A II Copa Brasil é a primeira competição oficial de Kevin e serve de preparação para a Copa do Mundo Juvenil em Varsóvia, sua estreia em solo internacional. “Estou nervoso, mas acho que será uma experiência incrível representar o meu país”, comentou o gaúcho, que nesta sexta-feira, 22, acabou jogando contra o pai em uma das fases eliminatórias da espada masculina A. “Foi engraçado, porém eu disse que não ia dar moleza pra ele. Venci por 15 x 10, mas tenho certeza que, em breve, ele vai ganhar fácil de mim. Ele tem muito talento”, disse o pai orgulhoso.          
 
Imprensa
Os profissionais de imprensa interessados em cobrir a 3ª etapa nacional do Circuito Loterias Caixa de halterofilismo e a II Copa Brasil de esgrima em cadeira de rodas não precisam de credenciamento prévio. Bastará dirigir-se à sala de imprensa do CT para identificação.

O Circuito
O Circuito Loterias Caixa é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro e patrocinado pelas Loterias Caixa. Este é o mais importante evento paralímpico nacional de atletismo, halterofilismo e natação. Composto por quatro fases regionais e duas nacionais, tem como objetivo desenvolver as práticas desportivas em todos os municípios e estados brasileiros, além de melhorar o nível técnico das modalidades e dar oportunidades para atletas de elite e novos valores do esporte paralímpico do país. Em 2018, as disputas das fases nacionais foram separadas por modalidade - haverá ainda um Campeonato Brasileiro de cada esporte.

Patrocínios
A esgrima em cadeira de rodas e o halterofilismo têm patrocínio das Loterias Caixa.

Serviço
Data: 22, 23 e 24 de junho
Cidade: São Paulo (SP)
Local: CT Paralímpico Brasileiro, em São Paulo - Rodovia dos Imigrantes, km 11,5 (ao lado do São Paulo Expo)

Programação
Circuito Loterias Caixa de halterofilismo - 3ª etapa nacional 

Sexta (22/6) – 11h30 às 14h40 – 17h às 20h
Sábado (23/6) – 10h às 13h – 16h às 20h
Domingo (24/6) – 10h às 13h 

II Copa Brasil de esgrima em cadeira de rodas
Sexta (22/6) – 13h30 às 18h30
Sábado (23/6) – 9h às 19h30
Domingo (24/6) – 8h às 13h 
 
Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)