Notícias

Equipe brasileira de futebol de 7 intensifica preparação para Copa América

Por CPB
Qui, 17 Mai 2018 16:58:00 -0300
Cezar Loureiro/MPIX/CPB Imagem

As Seleções principal e sub-19 de futebol de 7 para paralisados cerebrais (PC) estão no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, para a primeira fase de treinos desta temporada, que se estenderá até a próxima quarta-feira, 23. Neste ano, as equipes terão, cada uma, um grande desafio. Os jogadores da sub-19 participarão da CPISRA World Games, em agosto, na Espanha, e o time principal disputará a Copa América, em outubro, em Natal (RN).

Para o técnico da seleção principal, Paulo Cabral, as fases de treinamento serão importantes para que os novos jogadores sejam avaliados e ganhem entrosamento. Composta por atletas recém-chegados à Seleção e seis dos medalhistas de bronze nos Jogos do Rio, alguns atletas ainda precisarão passar pela reclassificação funcional da modalidade.

“Ainda estamos aguardando as reclassificações funcionais de alguns jogadores. As regras da classificação tiveram mudanças consideráveis. A mudança é radical. Antes existiam quatro classes, atualmente, apenas três. A convocação final para a Copa América depende dos resultados das reclassificações, mas estamos confiantes que teremos bons resultados e vamos com tudo para a Copa América”, comentou o técnico.

Dentro desta fase de treinamento, a Seleção principal jogará dois amistosos, um neste sábado, 19, com o time de futebol de 7 (PC) do Corinthians, às 10h. E na segunda-feira, 21, com a equipe sub-19, ambas no CT Paralímpico. Ao longo do ano serão realizadas mais cinco fases de treinamento, sendo a última em Natal, Rio Grande do Norte, onde acontecerá a Copa América, em campo com grama natural.

"Treinar no local da competição é muito bom, assim os atletas podem se acostumar com o clima e jogarão em grama natural já nas condições em que será a Copa América", finalizou Paulo.

O Brasil é o atual campeão parapan-americano de futebol de 7 e já está classificado para a edição de Lima 2019, no Peru. A modalidade não integra mais o programa dos Jogos Paralímpicos e não estará em Tóquio 2020.

Assessoria de comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)