Estrangeiros disputam a 2ª nacional do Circuito Loterias Caixa de Atletismo como aquecimento para Lima 2019

sex, 09 ago 2019 12:54:20 -03:00



Amanda Cerna (T47) treina na academia do CT Paralímpico, em São Paulo | Foto: Alê Cabral/CPB

Amanda Cerna (T47) treina na academia do CT Paralímpico, em São Paulo | Foto: Alê Cabral/CPB

A segunda etapa nacional do Circuito Brasil Loterias Caixa de Atletismo terá participantes estrangeiros. Dois velocistas chilenos competirão juntamente com os 279 brasileiros de 19 estados e do Distrito Federal neste sábado e domingo, 10 e 11, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. Amanda Cerna e Wladimir Palma vieram ao Brasil com a seleção do Chile para a última fase de treinamento antes dos Jogos Parapan-Americanos de Lima 2019.
 
Cinquenta e um brasileiros convocados para os Jogos Parapan-Americanos de Lima participarão da segunda fase nacional do Circuito, como o paraibano Petrúcio Ferreira (classe T47), o paranaense Vinícius Rodrigues (T63) e os paulistas André Rocha (F53), Daniel Martins (T20), Elizabeth Gomes (F52) e Lorena Spoladore (T11).
 
Oito dos 12 chilenos classificados para o Parapan de Lima chegaram ao CT Paralímpico no sábado, 3, e treinarão até esta segunda, 12, quando retornarão ao seu país. Os Jogos Parapan-Americanos serão de 23 de agosto a 1º de setembro, na capital peruana, e o Brasil convocou 60 atletas que disputarão pelo atletismo.
 
“Nós escolhemos o Brasil para este intercâmbio porque muitos atletas que treinam aqui vão para o Parapan, também pensávamos que o clima poderia estar similar ao de lá. Este centro é algo magnifico. Nós não temos isso no Chile. Mas aqui estão só os velocistas, porque os nossos lançadores foram ao México. O Brasil tem um nível muito forte e nosso objetivo principal em Lima é fazer melhor que em Toronto”, explicou Raúl Moya, técnico dos atletas chilenos.

LEIA MAIS
Chile faz intercâmbio com clubes no Campeonato Brasileiro de Futebol de 7
Medalhista Paralímpico compete na 2ª nacional do Circuito Loterias Caixa de Atletismo antes do Parapan


Neste fim de semana, Amanda Cerna, da clase T47, correrá os 100m e os 200m. Já Wladimir Palma é da classe T20 e disputará os 1500m. 
 
”Espero correr em tempos próximos às minhas melhores marcas neste fim de semana. Em Lima, o foco são os 400m, que é minha melhor prova. Não estava dentro do calendário, mas foi muito positivo ter esta oportunidade de participar de uma competição. Faz tempo que não compito e vou fazer os últimos ajustes para o Parapan“, comentou Amanda Cerna, 20 anos, que nasceu com má-formação no braço esquerdo.
 
A primeira etapa nacional do Circuito Brasil Loterias Caixa aconteceu em junho, também no CT Paralímpico, e reuniu 347 atletas de 24 estados e do Distrito Federal. Para disputar as etapas nacionais do Circuito, os atletas precisam ter os índices mínimos estabelecidos pelo Departamento Técnico do CPB. No primeiro semestre, os competidores puderam buscar estas marcas nas quatro fases regionais: São Paulo, no CT Paralímpico, em fevereiro; Norte-Nordeste, em João Pessoa (PB), em março; Centro-Leste, em Uberlândia (MG), e Rio-Sul, em Curitiba (PR), em abril.
 
Imprensa
Os profissionais de imprensa interessados em cobrir a segunda etapa nacional do Circuito Brasil Loterias Caixa de atletismo não precisam de credenciamento prévio. Bastará dirigirem-se à sala de imprensa do CT Paralímpico para identificação. 
 
O Circuito
O Circuito Brasil Loterias Caixa é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e patrocinado pelas Loterias Caixa. Este é o mais importante evento paralímpico nacional de atletismo, halterofilismo e natação. Composto por quatro fases regionais e duas nacionais, tem como objetivo desenvolver as práticas desportivas em todos os municípios e estados brasileiros, além de melhorar o nível técnico das modalidades e dar oportunidade para atletas de elite e novos valores do esporte paralímpico do país. Em 2019, as disputas das fases nacionais serão separadas por uma modalidade em cada fim de semana - haverá ainda um Campeonato Brasileiro de cada esporte. 
 
Patrocínios
O paratletismo tem patrocínio das Loterias Caixa e da Braskem.
 
Time São Paulo
Os atletas André Rocha, Daniel Martins, Elizabeth Gomes, Lorena Spoladore e Vinícius Rodrigues são integrantes do Time São Paulo, parceria entre o CPB e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo que beneficia 62 atletas e quatro atletas-guia de nove modalidades.
 
Serviço
Data:
10 e 11 de agosto
Cidade: São Paulo (SP)
Local: Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo - Rodovia dos Imigrantes, km 11,5 (ao lado do São Paulo Expo).
 
Programação* 
Circuito Brasil Loterias Caixa de Atletismo

Sábado (10/7) - 8h às 12h e 14h às 18h 
Domingo (11/7) - 8h às 12h
*Programação sujeita a alterações
 
Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)


PATROCINADOR MASTER
Patrocinadora oficial de 11 modalidades paralímpicas
PATROCINADORES
Patrocinadora oficial do Paratletirsmo Brasileiro
Patrocinadora do Comitê Paralímpico Brasileiro
APOIADORES
Apoiador do Comitê Paralímpico Brasileiro
PARCEIROS
Parceiro do Comitê Paralímpico Brasileiro
Parceiros do Atleta Cidadão